Medicina na Argentina? Vale a Pena? Quanto Custa?

Medicina na Argentina? Vale a Pena? Quanto Custa?
5 (100%) 5 votes

Faculdade de Medicina na Argentina

Estudar medicina é o desejo de muitos brasileiros . Por conta do medo de não ser aprovada no concorrido vestibular e meio apelativo.

Pesquisamos tudo pela internet, estudamos espanhol por nossa conta e viemos para tentar nos inscrever na faculdade e arrumar moradia

Na busca por instituições, uma delas é a Universidade de Buenos Aires (UBA), uma das 15 melhores da América Latina de acordo com o ranking QS. O lugar não é atrativo só pela qualidade de ensino como também por seu processo seletivo diferente do Brasil. Para ingressar na universidade, primeiramente é necessário fazer o Ciclo Básico Comum (CBC), constituído por 6 matérias relacionadas ao curso desejado. Não há um vestibular específico, pois quem é aprovado em todas as disciplinas iniciais está dentro da faculdade.

A rotina de estudos de Ana Paula é diferente da dos universitários brasileiros. Ela não possui aula todos os dias e sua carga horária varia de acordo com o que está fazendo. “Normalmente, são 4 horas por matéria, mas você precisa chegar na aula com o conteúdo já estudado, porque o tutor faz perguntas, pede para os alunos falarem sobre o assunto e depois apresentarem suas dúvidas”. Nos primeiros anos, as provas de medicina são divididas em 3 partes: oral, escrita e múltipla escolha. O curso tem uma duração total de 7 anos. Após isso, o estudante ainda precisa trabalhar por 6 meses como interno em um hospital.

Sobre as vantagens em se estudar na UBA, Ana Paula destaca a qualidade do ensino e as possibilidades que ela vê para seu futuro. “É muito motivador aprender outro idioma, estar longe de casa e conhecer outra cultura”. A estudante ainda não sabe o que fazer sobre quando se formar. “Tudo vai depender da condição politica e econômica do Brasil e da Argentina para que eu me decida”. Como a UBA possui convênios com o governo da Espanha, ela diz que não descarta se mudar novamente quando formar.

No momento, Ana Paula aproveita a oportunidade na universidade e também a experiência em outro país. Ela conta que quando chegou, percebeu que o espanhol que sabia era bem diferente do falado, então foi um desafio inicial, superado aos poucos devido ao seu esforço de integração à cultura argentina. Sobre isso, ela diz estar feliz por aprender tanto e aconselha a experiência para todos que possuem esse objetivo e querem levar seus estudos a sério.

Estudar Medicina na Argentina

Faculdades de medicina na argentina

Como fazer medicina na argentina

Medicina na argentina vale pena

 

Como fazer medicina sem vestibular na argentina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *